Living Among What´s Left Behind” é o nome da assombrosa exposição de fotografia do fotojornalista Mário Cruz que permanecerá durante todo o ciclo de programação do Basqueirart nas salas do Museu de Santa Maria de Lamas.

Reúne imagens captadas durante um mês nas Filipinas, onde visitou comunidades que vivem ao longo do rio Pasig, declarado biologicamente morto na década de 1990, testemunhando uma situação extrema de pobreza e poluição ambiental, um exemplo do perigoso caminho que a humanidade está a trilhar, ignorando o meio ambiente e as necessidades humanas básicas.
Foi premiada em 2019 pela World Press Photo na categoria de Ambiente.

DIAS DE ENTRADA GRATUITA

20 Junho
Abertura ao público;

22 Agosto
Dia de encerramento;

Durante os Concertos Basqueirart Para portadores de bilhete dos respectivos concertos.
VISITAS NOCTURNAS

Sextas feiras de Julho e Agosto 
Bilhete normal museu;

Sessões Cine Eco Seia
Bilhete normal museu;

Noites de Concertos Basqueirart Exclusivo para portadores de bilhete dos respectivos concertos.

SOBRE O AUTOR

Mário Cruz é um fotógrafo focado em assuntos relacionados com a injustiça social e os direitos humanos.

Os seus projectos têm sido divulgados e reconhecidos um pouco por todo o mundo, destacando-se “Recent Blindness” – Prémio Estação Imagem 2014; “Roof” – Magnum 30 Under 30 Award, “Talibes: Modern-Day Child Slavery” – World Press Photo 2016, Picture of the Year 2016 - Magnum Photography Awards 2016, Estação Imagem Awatd 2016, “Living Among Wat’s Left Behind” – World Press Photo 2019.

O seu trabalho tem sido publicado pela Newsweek, International New York Times, Washington Post, CNN, El Pais, CTXT e Neue Zurcher Zeitung.

É autor de dois livros:
Talibes Modern Day Slaves, Fotoevidence, 2016
Living Among What’s Left Behind, Nomad and Fotoevidence, 2019

WEBSITEINSTAGRAM
© 2021 - Basqueiro, Associação Cultural
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram