Os El Señor estrearam-se em 2017 com “Alvorada Beat”, um EP expresso mas eficaz de “rock n’ roll despretensioso” e despenteado. Há ócio e cheiro a mar, mas há mais inquietações e gritos ao aborrecimento e ao desprazer, ao tédio dos lugares em que se demoram e dos quais querem sair. Entre o garage, o pop e o surf, percorreram o país e marcaram presença em festivais como Vodafone Mexefest, Party Sleep Repeat, Mucho Flow, Black Bass ou Gliding Barnacles. Após curta pausa para pensar na vida, regressam renovados em 2019 com um line up alterado e preparados para por de lado o som fofinho que os trouxe até às luzes da ribalta.

“Suburbs of Joy” é o primeiro longa duração de El Señor e representa o crescimento da banda ao apresentar um som mais maduro e pensado. A bateria que marca o ritmo hipnotizante é acompanhada de linhas de baixo que se recusam a ficar em segundo plano, de guitarras explosivas e cortantes, e de vozes rebeldes e fortes. É evidente a mudança de rumo desde o primeiro registo, sendo este álbum mais sujo e certo de si mesmo, ao mesmo tempo que a banda consolida o som que tem andado a criar.

Prontos para mais um vez percorrer Portugal de cima a baixo, os El Señor mostram-nos com este álbum que realmente valeu a pena esperar por eles. “Suburbs of Joy” representa uma mudança na banda e, certamente, marcará o panorama da música independente em Portugal como um dos lançamentos a ter em conta em 2019.

© 2021 - Basqueiro, Associação Cultural
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram