CINE ECO #4

Domingo 8 Agosto Museu de lamas

SESSÃO DA TARDE [público infantil]

Horário da sessão 1 15h30 Sessão 2 16h30

Acesso Gratuito / Inscrição Prévia (geral@museudelamas.pt / 227 447 468)

Limitado a 12 inscrições por sessão

PROGRAMAÇÃO

Of (Sigh) de Vlad Bolgarin, animação, Moldávia, 15m

Numa cidade cinzenta, coberta de nevoeiro e smog, vive um homem comum. Tem tudo o que é necessário para uma vida simples e normal, mas não parece ter qualquer desejo ou alegria. Está sempre a suspirar, sem reazão, até que um dia seca e encolhe, ficando do tamanho de um pau. Então aparece um rapaz colorido num triciclo, com balões, e tenta ajudá-lo, mas o homem ignora o rapaz. O herói tenta de diversas maneiras regressar àquilo que era, mas falha sempre e acaba por desistir. Quando já não há esperança, o rapaz colorido aparece, enche-o de ar e põe-lhe um pedaço de fita adesiva na boca. O herói toma a forma de um balão e voa sobre a cidade, passando através do nevoeiro. Por fim, chega ao céu onde vê tudo colorido pela primeira vez na sua vida. Retira a fita adesiva da boca e o ar sai com força, espalhando o nevoeiro que cobre a cidade. O herói cai e aterra no cesto do triciclo do rapaz. Ambos percorrem a cidade luminosa e colorida até que encontram um homem cinzento, sentado e com um olhar desesperado. Param, olham um para o outro e decidem ajudar o homem cinzento da mesma forma.

Solstício de Bruno Carnide, animação, Portugal, 3m

Quando deixou de haver diferença entre os dias e as noites, e o ar se tornou quase irrespirável, um homem caminha com uma missão.

+ Oficina do Serviço Educativo do Museu de Lamas

SESSÃO DA NOITE [público em geral]

Horário da sessão  22h00

Local Pátio do Museu de Lamas

Acesso Gratuito / Não necessita de Inscrição Prévia

PROGRAMAÇÃO

A Alma de Um Ciclista, Nuno Tavares, Doc., Portugal, 2020, 73 m

Através de um grupo de ciclistas “clássicos” e do seu interesse comum pela bicicleta clássica, vamos descobrir valores que se vão perdendo na nossa sociedade moderna, como a importância da amizade, da ecologia, da valorização do antigo, da rejeição ao consumismo e, de outras premissas importantes para atingir uma vida mais feliz, mais simples e mais preenchida com o que realmente importa. Tal como na vida, neste documentário, as bicicletas transportam-nos na nossa descoberta, na nossa reflexão.

© 2021 - Basqueiro, Associação Cultural
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram